• Instituto Helena Antipoff

Em revitalização histórica, Helena Antipoff faz levantamento patrimonial para otimizar gestão

O Instituto Helena Antipoff (IHA) começou, nesta quarta-feira (24/03), a catalogar seu patrimônio. Através do processo, a diretoria busca melhorar o controle sobre o seu inventário, inclusive para fins de transparência. Os benefícios envolvem a organização dos equipamentos, serviços e estrutura material.


Para o presidente do IHA, Juliano Vilela, trata-se de um momento importante para a instituição.

“É uma revitalização histórica. Essa é mais uma etapa do processo que iniciamos no ano passado, com as reformas em nossa sede. Queremos uma instituição moderna, com todas as informações disponíveis e de fácil acesso, para que possamos otimizar nossa gestão”, explicou.


Desde julho de 2020, a instituição iniciou uma série de reformas físicas em sua estrutura, como pintura e a instalação de novos pontos de acessibilidade. Agora, explica o presidente, o processo entra em fase final com a quantificação e qualificação dos bens materiais em posse da entidade.

Na primeira etapa, serão catalogados móveis e materiais de uso, como mesas, cadeiras, telefones e outros. Também serão contabilizados os ativos imobiliários ativos e inativos. Ao identificar um material em desuso, a diretoria fará análise sobre a possibilidade de descarte, venda ou armazenamento para uso futuro. Na segunda parte dos trabalhos, o foco será em imóveis, como salas, lojas e estacionamento alugados e demais patrimônios.

Tudo será devidamente quantificado em um relatório, a ser encaminhado à diretoria para análise.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Instituição sem fins lucrativos, de assistência às pessoas com deficiência intelectual, múltipla e espectro autista de Divinópolis e cidades vizinhas.