top of page

IHA abre vaga para educador social e coordenador pedagógico

O Instituto Helena Antipoff (IHA) de Divinópolis abriu processo seletivo para a contratação de um educador social e um coordenador pedagógico. As inscrições já estão abertas e se encerram na segunda-feira (10/04). O candidato interessado deve encaminhar seu currículo para o endereço: Rua do Cobre, 697, Niterói, Divinópolis, CEP 35.500-227. Se preferir, por e-mail: ihacurriculos@gmail.com.


Para a vaga de educador social, a qualificação exigida é graduação no ensino superior, em especial serviço social, psicologia, pedagogia, música, artes ou educação física, além de pós em Educação Especial. É necessário, ainda, experiência de trabalho com pessoas com deficiência intelectual e múltipla. A carga horária é de 20 horas semanais, de segunda às sextas-feiras, das 7h às 11h e/ou das 13h às 17h, podendo ser horário alternados durante a semana. Remuneração mensal de R$ 1.248,09.


A atribuição envolve a promoção do desenvolvimento das potencialidades dos assistidos e o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, através de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo através de atividades socioeducativas, de convivência e socialização. Também é fundamental oferecer apoio à Equipe de Referência, realizar planejamento, execução e monitoramento de atividades individuais e coletivas na organização de eventos artísticos, lúdicos e culturais e estabelecer o sigilo profissional.


Já para coordenador pedagógico, é necessário ensino superior em pedagogia, com pós em Educação Especial. Experiência e conhecimento de políticas públicas na área de atenção a pessoa com deficiência intelectual e autista, e da rede socioassistencial também é exigida. A carga horária é de 20h semanais, com remuneração mensal de R$ 1.840,00.


A função envolve o planejamento em conjunto com a equipe do conteúdo de aulas, ministrar curso de formação, mediar a relação entre os atendidos, elaborar relatório mensal e final de atividades, preencher lista de presença, encaminhar situações relevantes aos setores responsáveis e mediar a interlocução com o Instituto Cooperforte. O objetivo do projeto é qualificar, promover e ampliar o potencial de empregabilidade da pessoa com deficiência, potencializando suas habilidades e competências visando sua maior inclusão e permanência no mundo do trabalho.


Para ler os editais completos, clique aqui.


O processo seletivo obedecerá a análise curricular, consubstanciada na qualificação técnica, experiência profissional e entrevista.

42 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page