Instituto Helena Antipoff apresenta projeto de qualificação profissional para parceiros

O Instituto Helena Antipoff (IHA) em Divinópolis recebeu, na manhã desta segunda-feira (29/05), autoridades e entidades para apresentar o projeto QualiFICA: Para além das cotas para PcD, viabilizado em parceria com o Instituto Cooperforte. A proposta, com inscrições abertas na sede do IHA (rua do Cobre, 697, bairro Niterói), visa a qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho de adultos com deficiência intelectual ou com Transtorno do Espectro Autista (TEA). As vagas são limitadas.



Na oportunidade, a instituição detalhou a proposta e as fases de execução, bem como os impactos positivos esperados com a iniciativa. O encontro também proporcionou a apresentação da equipe de trabalho.


O presidente do IHA, Juliano Vilela, pediu o apoio das lideranças para dar visibilidade ao projeto e ampliar o número de participantes beneficiados com o projeto.


“É uma experiência ímpar para os assistidos. Com muito orgulho, vamos oferecer atividades de qualificação profissional às pessoas com deficiência. Queremos que os assistidos tenham seu potencial reconhecido pelo mercado e possam permanecer empregados por sua capacidade de agregar à empresa, e não apenas para atender às cotas”, explicou.

O evento contou com a participação dos representantes da Farmax, ABC, Líder Interiores, Gerdau, Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) e Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).


Também estiveram presentes a presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Divinópolis, Ellen Ariadne Mendes Lima; a superintendente Regional de Ensino (SRE), Luiza Amélia Coimbra; o presidente da Associação dos Deficientes do Oeste de Minas (Adefom), Carlos Roberto Beto da Silva; a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (Cmas), Mirian Ferreira Soares; o vereador Ney Burguer e o secretário Municipal de Saúde, Alan Rodrigo.

20 visualizações0 comentário