Helena Antipoff reforça modernização com digitalização dos atendimentos

O Instituto Helena Antipoff (IHA) em Divinópolis segue em fase de modernização. Desde o fim de janeiro, os processos internos, especialmente os prontuários, estão sendo digitalizados. A mudança segue as orientações da Lei Geral de Proteção de Dados. Neste período, os funcionários receberam um treinamento sobre a inserção segura dos dados no novo sistema.



Advogada e gerente-geral do IHA, Soraya Marques explica que o formato digital garante o acesso às informações de forma organizada e ágil, além de armazená-las de forma segura.


“O treinamento é para alimentar o programa que digitaliza os prontuários dos atendimentos aos assistidos. Com a exigência de se adaptar a Lei Geral de Proteção de Dados é necessário virtualizar todos os prontuários dos assistidos. A importância é dinamizar os serviços para os colaboradores”, destacou.


O presidente do Instituto, Juliano Vilela, também ressaltou a importância da digitalização para organizar as informações das consultas.


"É mais um passo que damos no caminho da inovação. Queremos ter uma estrutura interna ágil e moderna, facilitando o trabalho da nossa equipe e a vida das famílias", ressaltou.

8 visualizações0 comentário